Uniao de Blogueiros Evangelicos

LIÇÃO 5 - SINAIS E MARAVILHAS NA IGREJA

Lições Bíblicas do 1º Trimestre de 2011 - CPAD - Jovens e Adultos

ATOS DOS APÓSTOLOS - Até aos confins da terra

Comentários da revista da CPAD: Pr. Claudionor de Andrade

Consultor Doutrinário e Teológico da CPAD: Pr. Antonio Gilberto

Complementos, ilustrações, questionários e vídeos: Ev. Luiz Henrique de Almeida Silva

QUESTIONÁRIO

 

TEXTO ÁUREO

Testificando também DEUS com eles, por sinais, e milagres, e várias maravilhas, e dons do ESPÍRITO SANTO [.u]" (Hb 2.4).

 

VERDADE PRÁTICA

A igreja evangelizadora e missionária jamais deixará de operar milagres e prodígios, pois o DEUS do impossível tem um sério compromisso com os que proclamam as Boas Novas.

 

LEITURA DIÁRIA

1 Co 12.10 Operação sobrenatural da parte de DEUS na igreja

At 3.5,6 Os milagres são realizados em nome de JESUS

At 3.12 Não são para ostentação pessoal

At 5.11 Devem trazer temor à igreja

At 2.44 Deve trazer união à igreja

2 Co 12.12 São um testemunho para a pregação

 

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE - Atos 3.1-11

1- Pedro e João subiam juntos ao templo à hora da oração, a nona. 2- E era trazido um varão que desde o ventre de sua mãe era coxo, o qual todos os dias punham à porta do templo chamada Formosa, para pedir esmola aos que entravam. 3- Ele, vendo a Pedro e a João, que iam entrando no templo, pediu que lhe dessem uma esmola. 4- E Pedro, com João, fitando os olhos nele, disse: Olha para nós. 5- E olhou para eles, esperando receber alguma coisa. 6- E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho, isso te dou. Em nome de JESUS CRISTO, o Nazareno, levanta-te e anda. 7- E, tomando-o pela mão direita, o levantou, e logo os seus pés e tornozelos se firmaram. 8- E, saltando ele, pôs-se em pé, e andou, e entrou com eles no templo, andando, e saltando, e louvando a DEUS. 9- E todo o povo o viu andar e louvar a DEUS; 10- e conheciam-no, pois era ele que se assentava a pedir esmola à Porta Formosa do templo; e ficaram cheios de pasmo e assombro pelo que lhe acontecera. 11- E, apegando-se ele a Pedro e João, todo o povo correu atônito para junto deles no alpendre chamado de Salomão.

 

3.6 EM NOME DE JESUS...ANDA. A cura do mendigo coxo foi realizada pelo poder de CRISTO operando através dos apóstolos. JESUS disse aos seus seguidores no tocante àqueles que viriam a crer nEle: Em meu nome...imporão as mãos sobre os enfermos e os curarão (Mc 16.17,18). A igreja continuou o ministério de cura que JESUS exercera, em obediência à sua vontade. O milagre aqui foi realizado mediante a fé em nome de JESUS CRISTO (v. 6) e o dom de curar, operando através de Pedro (ver 1 Co 12.1,9). Pedro declarou que não tinha prata nem ouro, mas que daria ao mendigo coxo algo muito mais valioso. As igrejas que desfrutam de prosperidade material devem meditar nestas palavras de Pedro. Muitas igrejas dos nossos dias já não podem dizer: Não tenho prata nem ouro, mas também não tem

condição de dizer: Em nome de JESUS CRISTO, o Nazareno , levanta-te e anda.

 

SINAIS DOS CRENTES (CPAD - BEP)

Mc 16.17,18: “E estes sinais seguirão aos que crerem: em meu nome expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e imporão as mãos sobre os enfermos e os curarão”.

As Escrituras ensinam claramente que CRISTO quer que seus seguidores operem milagres ao anunciarem o evangelho do reino de DEUS (ver Mt 10.1; Mc 3.14,15; Lc 9.2; 10.17; Jo 14.12).

(1) Estes sinais (gr. semeion), realizados pelos discípulos verdadeiros, confirmam que a mensagem do evangelho é genuína, que o reino de DEUS chegou à terra com poder e que o Senhor JESUS vivo e ressurreto está presente entre os seus, operando através deles (ver Jo 10.25; At 10.38).

(2) Cada um destes sinais (exceto a ingestão de veneno - embora o veneno da cobra não tenha feito efeito na saúde de Paulo, o que tem a ver com esse sinal - At 28.3-5) ocorreu na igreja primitiva:

(a) falar novas línguas (ver At 2.4; 10.46; 19.6; 1Co 12.30; 14);

(b) expulsar demônios (At 5.15,16; 16.18; 19.11,12);

(c) escapar da morte por picada de serpente (At 28.3-5); e

(d) curar os enfermos (At 3.1-7; 8.7; 9.33,34; 14.8-10; 28.7,8).

(3) Essas manifestações espirituais devem continuar na igreja até a volta de JESUS. Conforme vemos nas Escrituras, esses sinais não foram limitados ao período que se seguiu à ascensão de JESUS (ver 1Co 1.7; Gl 3.5).

(4) Os discípulos de CRISTO não somente deviam pregar o evangelho do reino e levar a salvação àqueles que crêem (Mt 28.19,20; Mc 16.15,16; Lc 24.47), mas também concretizar o reino de DEUS, como fez JESUS (At 10.38) ao expulsar demônios e curar doenças e enfermidades.

(5) JESUS deixa claro, em Mc 16.15-20, que esses sinais não são dons especiais para apenas alguns crentes, mas que seriam concedidos a todos os crentes que, em obediência a CRISTO, dão testemunho do evangelho e reivindicam as suas promessas.

(6) A ausência desses “sinais” na igreja, hoje, não significa que CRISTO falhou no cumprimento de suas promessas. A falta, conforme JESUS declara, está na vida dos seus seguidores (ver Mt 17.17).

(7) CRISTO prometeu que sua autoridade, poder e presença nos acompanharão à medida que lutarmos contra o reino de Satanás (Mt 28.18-20; Lc 24.47-49). Devemos libertar o povo do cativeiro do pecado pela pregação do evangelho, mediante uma vida de retidão (Mt 6.33; Rm 6.13; 14.17) e pela operação de sinais e milagres através do poder do ESPÍRITO SANTO (ver Mt 10.1; Mc 16.16-20; At 4.31-33).

 

Sobre a porta formosa (http://www.ebdweb.com.br/2011/01/24/sinais-e-maravilhas-na-igreja-f... )

O historiador judeu Flavio Josefo comenta: “O templo tinha nove portas, que eram revestidas de ouro e prata em todos os lados, mas havia uma porta, que estava fora da casa santa e era de bronze de Corinto e muito excedia aquelas que eram apenas revestidas de ouro e prata. A magnitude das outras portas era igual em todas. Contudo, a porta de Corinto, que abria para o Oriente, em oposição à porta da própria casa santa, era muito maior, pois sua altura era 50 côvados, isto é, cerca de 25 metros, e era adornada da maneira mais rica, tendo placas mais ricas e mais grossas de prata e ouro que as outras. Esta última é, provavelmente, a porta chamada Formosa, porque era no exterior do templo, para a qual havia fácil acesso e visto que era, evidentemente, a de maior valor”. A palavra hebraica para formosa, bela é ‘yafeh’, e qualquer turista pode entrar na Antiga Cidade de Jerusalém pela ‘Porta de Jaffa’; é o fim da estrada que vem do porto de Yafo (Jaffa, Jope), no litoral sul de Tell Aviv, assim chamada por sua beleza. A porta à qual o texto se refere pode ser a Porta Nikanor, mencionada na Mishna, que saía do pátio dos gentios e se estendia até o pátio das mulheres no Templo. Pela Porta Formosa do Templo de Jerusalém passavam sacerdotes, rabinos, comerciantes, enfim, muita gente ilustre e rica que possivelmente via aquele aleijado a mendigar diariamente, sempre no mesmo lugar e, tudo o que podiam fazer era dar-lhe algumas moedas e nada mais. E o homem continuava paralítico necessitado.

 

INTERAÇÃO

Professor, você crê que DEUS continua realizando milagres e maravilhas por intermédio da sua Igreja? Se sua resposta for afirmativa, com certeza você não terá dificuldades em trabalhar o conteúdo dessa lição com seus alunos. Infelizmente, muitos cristãos, alguns até pentecostais, não crêem mais na operação de milagres e maravilhas. Estes se esquecem de que o nosso DEUS é imutável e que Ele tem um compromisso com a sua Igreja e com aqueles que proclamam a sua Palavra. Os milagres são realizados por DEUS com um propósito específico: glorificar seu nome e expandir o seu reino. Não esqueçamos porém, que o maior milagre que existe é a conversão de um pecador a CRISTO.

 

VEJAMOS O QUE ESTUDAMOS A ESSE RESPEITO EM 2008

LIÇÃO 10 - OS MILAGRES DE JESUS

1º TRIMESTRE DE 2008

TEMA: JESUS CRISTO, Verdadeiro Homem, Verdadeiro DEUS.

Lições Bíblicas CPAD, Jovens e Adultos - 2008

Comentários: Pr. Esequias Soares.

"Varões israelitas, escutai estas palavras: A JESUS Nazareno, varão aprovado por DEUS entre vós com maravilhas, prodígios e sinais, que DEUS por ele fez no meio de vós, como vós mesmos bem sabeis" (At 2.22).

 

Os milagres são acontecimentos extraordinários que têm como principal objetivo glorificar o nome de DEUS, e mostrar a sua soberania sobre todas as esferas da criação.

 

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE Mateus 11.1-6; João 20.30, 31.

Mateus 11.1-6

1 E aconteceu que, acabando JESUS de dar instruções aos seus doze discípulos, partiu dali a ensinar e a pregar nas cidades deles.2 E João, ouvindo no cárcere falar dos feitos de CRISTO, enviou dois dos seus discípulos3 a dizer-lhe: És tu aquele que havia de vir ou esperamos outro?4 E JESUS , respondendo, disse-lhe: Ide e anunciai a João as coisas que ouvis e vedes::5 Os cegos vêem, e os coxos andam; os leprosos são limpos, e os surdos ouvem; os mortos são ressuscitados, e aos pobres é anunciado o evangelho.6 E bem-aventurado é aquele que se não escandalizar em mim

 

João 20.30, 31.

30 JESUS , pois, operou também, em presença de seus discípulos, muitos outros sinais, que não estão escritos neste livro.31 Estes, porém, foram escritos para que creiais que JESUS é o CRISTO, o Filho de DEUS, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome.

ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA

Professor, o Novo Testamento emprega quatro palavras gregas para descrever as obras milagrosas de JESUS e dos apóstolos: teras, semeion, ergon e dynamis. O primeiro, teras, significa "maravilhas" e faz alusão ao caráter extraordinário do milagre (Jo 4.48; At 14.3). O segundo, semeion, ou "sinal", indica a imediata conexão com o mundo espiritual, simbolizando a verdade celestial (Mt 16.3; 24.3,30). O terceiro, ergon, literalmente "trabalho", se refere aos feitos miraculosos realizados por JESUS (Mt 11.2; Jo 7.3). O quarto, dynamis, isto é, "poder", "prodígio", descreve o exercício do poder divino e demonstra o fato de que forças espirituais se introduziram e estão trabalhando neste mundo (Mt 11.20; Mc 6.5) Atos 2.22 traz três desses termos: "JESUS, o Nazareno, varão aprovado por DEUS diante de vós com 'milagres' [dynamis], 'prodígios' [teras] e sinais [semeion], os quais o próprio DEUS realizou por intermédio dele entre vós" (ARA).

 

INTRODUÇÃO AOS COMENTÁRIOS DA LIÇÃO:

Nesta lição estaremos apresentando um dos mais polêmicos temas da atualidade cristã: Os milagres.

MILAGRE: Fato ou acontecimento fora do comum, que DEUS realiza para confirmar o seu poder, o seu amor e a sua mensagem.

É evidente que para nós é milagre, para DEUS é uma dádiva concedida, é natural a DEUS fazer milagres.

 

I- Milagres no Antigo Testamento:

Hebraico “môphet” (מןפת), “algo admirável”, “uma demonstração do poder de DEUS”.

No AT estão registrados 67 milagres (Gn 5.21-24; 11.6-9; 19.1-11,24-25,26; Êx 3.1-6; 4.1-5,6-8; 7.9-13; caps. 7 a 12; 13.20-22; 14.21-28; 15.25; 16.12-36; 17.6; Lv 10.1-2; Nm 12.9-15; 16.24-35,46-50; 17.1-13; 20.7-13; 21.4-9; 22.28-30; Js 3; 6; 10.12-13; Jz 6.36-40; 1Sm 5; 6.19-21; 12.16-18; 2Sm 6.6-8; 1Rs 13.1-6; 17.3-7,14,22; 18.1-40,41-45; 2Rs 1.1-18; 2.8,11,12-14,19-22; 3.16-20; 4.1-7,32-37,38-41,42-44; 5.1-19,20-27; 6.1-7,15-23; 7.1-20; 13.20-21; 19.35-36; 20.7-11; 2Cr 7.1-3; 26.19-21; Dn 3.19-30; 5.30; 6.1-28; Jn 1).

 

II- Milagres no Novo Testamento:

“dynamis” (δύναμις) = “poder”, “poder em ação”, daqui vem a palavra Dinamite, tem o significado de "explosão de poder".

“semeion” (σημειον) = “milagre”, “sinal”, “marca”

Os milagres de JESUS

Já estava previsto que JESUS se apresentaria como "O MIRACULOSO" e ELE mesmo confirma isso.

Lc 4. 16E, chegando a Nazaré, onde fora criado, entrou num dia de sábado, segundo o seu costume, na sinagoga e levantou-se para ler. 17E foi-lhe dado o livro do profeta Isaías; e, quando abriu o livro, achou o lugar em que estava escrito: 18 O ESPÍRITO do Senhor é sobre mim, pois que me ungiu para evangelizar os pobres, enviou-me a curar os quebrantados do coração, 19a apregoar liberdade aos cativos, a dar vista aos cegos, a pôr em liberdade os oprimidos, a anunciar o ano aceitável do Senhor.

Durante seu ministério, JESUS operou vários milagres, mostrando assim seu poder sobre a doença, a natureza e até mesmo sobre a morte.

É importante notar que em nenhum momento JESUS usou seus poderes para benefício próprio. Nem ao ficar quarenta dias em jejum, quando foi levado ao deserto para ser tentado por Satanás (Mateus 4:1-11).

Sem dúvida alguma, os milagres relatados na Bíblia não representam a totalidade de maravilhas que JESUS realizou durante seus 3 anos e meio de pregação do Reino de DEUS. Como é dito pelo apóstolo João: "JESUS , na verdade, operou na presença de seus discípulos ainda muitos outros sinais que não estão escritos neste livro; estes, porém, estão escritos para que creiais que JESUS é o CRISTO, o Filho de DEUS, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome." (João 20:30-31)

Os milagres são para nossa época?

Muitos afirmam que não, que só eram necessários em épocas passadas e que agora somente a Palavra revelada de DEUS é suficiente para evangelizar e para se sustentar a igreja Cristã.

A legítima Igreja de JESUS CRISTO crê em milagres?

Sim, mas a fé anda atrelada à desconfiança e ao temor do engano, pois os vasos usados estão por demais sujos para serem recebidos como homens de DEUS.

Estariam os milagres desaparecendo?

Com certeza não, o problema é que cada dia se tornam mais raros os legítimos milagres e aparecem muito mais os "milagres" do controle da mente alheia.

JESUS, o nosso amado Salvador e Senhor tinha como credencial de seu ministério terreno "O Miraculoso". Seu ministério foi recheado de milagres maravilhosos, sinais e prodígios no meio do povo, que atestavam sua filiação e poder. Se JESUS nunca tivesse aberto seus lábios aqui na Terra, mesmo assim deveria ter sido reconhecido como "O Filho do DEUS Altíssimo". Seus milagres indicavam sua divindade.

Jo 10.25 Respondeu-lhes JESUS: Já vo-lo tenho dito, e não o credes. As obras que eu faço em nome de meu Pai, essas testificam de mim.

Os discípulos de CRISTO começaram a crer em seu Mestre a partir dos milagres que ELE fazia:

João 2:11 JESUS principiou assim os seus sinais em Caná da Galiléia e manifestou a sua glória, e os seus discípulos creram nele.

O povo reconhecia JESUS como vindo de DEUS pelos milagres que fazia:

João 2:23 E, estando ele em Jerusalém pela Páscoa, durante a festa, muitos, vendo os sinais que fazia, creram no seu nome.

Um importante religioso da época de JESUS, reconheceu-lhe a procedência devido a seus inconfundíveis milagres:

João 3:2 Este foi ter de noite com JESUS e disse-lhe: Rabi, bem sabemos que és mestre vindo de DEUS, porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se DEUS não for com ele.

Os milagres atraem multidões:

João 6:2 E grande multidão o seguia, porque via os sinais que operava sobre os enfermos.

Os milagres atestam o profeta:

João 7:31 E muitos da multidão creram nele e diziam: Quando o CRISTO vier, fará ainda mais sinais do que os que este tem feito?

Muitos outros milagres JESUS fez, mas por falta de espaço, não foram registrados:

João 20:30 JESUS, pois, operou também, em presença de seus discípulos, muitos outros sinais, que não estão escritos neste livro.

JESUS sabia que sem milagres jamais o povo o receberia como vindo de DEUS:

João 4:48 Então, JESUS lhe disse: Se não virdes sinais e milagres, não crereis.

Os milagres são prova de uma fé genuína nesse DEUS de poder:

Marcos 16:17 E estes sinais seguirão aos que crerem: em meu nome, expulsarão demônios; falarão novas línguas;

Os milagres eram provas irrefutáveis para confirmação da Palavra pregada pelos apóstolos:

Marcos 16:20 E eles, tendo partido, pregaram por todas as partes, cooperando com eles o Senhor e confirmando a palavra com os sinais que se seguiram. Amém!

Os apóstolos pregavam os milagres de JESUS:

Atos 2:22 Varões israelitas, escutai estas palavras: A JESUS Nazareno, varão aprovado por DEUS entre vós com maravilhas, prodígios e sinais, que DEUS por ele fez no meio de vós, como vós mesmos bem sabeis;

Abaixo, segue a relação dos milagres de JESUS relatados na Bíblia:

O NT mostra que JESUS realizou muitos milagres (Mt 8.16-17; 12.15; Lc 7.18-23; Mt 14.34-36). Os Evangelhos registram 36, alistados a seguir :

 

Milagre Mateus Marcos Lucas João

Um leproso.. 8:2-4 1:40-42 5:12-13

O servo de um centurião romano.. 8:5-13 7:1-10

A sogra de Pedro 8:14-15 1:30-31 4:38-39

Dois gadarenos (gerasenos).. 8:28-34 5:1-15 8:27-35

Um paralítico.. 9:2-7 2:3-12 5:18-25

Uma mulher com hemorragia.. 9:20-22 5:25-29 8:43-48

Dois cegos.. 9:27-31

Um endemoninhado que não podia falar 9:32-33

Um homem com a mão atrofiada.. 12:10-13 3:1-5 6:6-10

Um endemoninhado cego e mudo 12:22 11:14

A filha de uma cananéia 15:21-28 7:24-30

Um menino endemoninhado.. 17:14-18 9:17-29 9:38-43

Dois cegos (um dos quais Bartimeu).. 20:29-34 10:46-52 18:35-43

Um surdo e gago 7:31-37

Um possesso na sinagoga 1:23-26 4:33-35

Um cego de Betsaida 8:22-26

Uma mulher encurvada.. 13:11-13

Um homem com hidropisia.. 14:1-4

Dez leprosos 17:11-19

O servo do sumo sacerdote 22:50-51

O filho de um oficial em Cafarnaum.. 4:46-54

Um inválido à beira do tanque de Betesda.. 5:1-9

a orelha de Malco.. Lc 22.50-51

um cego de nascença.. 9:1-7

 

Milagres que demonstram o poder sobre a natureza

Milagre Mateus Marcos Lucas João

JESUS acalma a tempestade.. 8:23-27 4:37-41 8:22-25

JESUS anda sobre as águas.. 14:25 6:48-51 6:19-21

JESUS alimenta 5000 homens.. 14:15-21 6:35-44 9:12-17 6:6-13

JESUS alimenta 4000 homens.. 15:32-38 8:1-9

A moeda na boca do peixe 17:24-27

A figueira seca 21:18-22 11:12-14,20-25

A grande pesca.. 5:1-11

JESUS transforma água em vinho.. 2:1-11

Outra grande pesca.. 21:21-11

 

Milagres de ressurreição

Milagre Mateus Marcos Lucas João

A filha de Jairo.. 9:18-19,23-25 5:22-24,38-42 8:41-42,49-56

O filho de uma viúva de Naim.. 7:11-15

Lázaro.. 11:1-44

 

Qual foi o propósito dos milagres na Bíblia?

Muitas pessoas hoje estão procurando milagres por motivos egoístas. Querem curas físicas, mas não se preocupam com a saúde espiritual. Querem prosperidade, mas não buscam as riquezas eternas. Igrejas que enfatizam milagres e negligenciam a pregação da palavra de DEUS estão alimentando tais apetites. JESUS fortemente condenou atitudes iguais (João 6,26).

Por que JESUS e outros servos de DEUS realizaram milagres? O movimento pentecostal, que pegou fogo desde o início do século XX, tem dado grande ênfase às experiências de manifestações do ESPÍRITO SANTO de uma maneira que os ensinamentos bíblicos são freqüentemente esquecidos. Considere as afirmações bíblicas sobre o propósito dos milagres que JESUS e outros realizaram.

Os milagres provaram a fonte da mensagem. Quando DEUS enviou Moisés ao Egito, ele lhe deu sinais milagrosos para provar que sua mensagem era realmente divina (Êxodo 4,1-17).

Os milagres de JESUS provaram seu poder para perdoar pecados. Estude o relato de Marcos 2,1-12, observando especialmente as palavras de JESUS nos versículos 10 e 11: “Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem sobre a terra autoridade para perdoar pecados - disse ao paralítico: Eu te mando: Levanta-te, toma o teu leito e vai para tua casa.”

O povo entendeu que os sinais introduziram uma nova doutrina. As pessoas em Cafarnaum perguntaram: “Que vem a ser isto? Uma nova doutrina! Com autoridade ele ordena aos espíritos imundos, e eles lhe obedecem!” (Marcos 1,27).

O ESPÍRITO SANTO deu poderes miraculosos aos apóstolos para confirmar a palavra que eles pregaram (Marcos 16,20). Paulo descreveu esses sinais como “as credenciais do apostolado” (2 Coríntios 12,12).

Alguns anos depois, o autor de Hebreus falou que a palavra dos apóstolos foi confirmada junto com o testemunho de “sinais, prodígios e vários milagres” (Hebreus 2,3-4).

A palavra foi revelada, confirmada, e entregue aos santos uma vez por todas (Judas 3). Já recebemos, nas Escrituras, tudo que precisamos para servir ao Senhor (2 Pedro 1,3-4; 2 Timóteo 3,16-17).

 

Os apóstolos também fizeram milagres (Mt 10.1-8; Lc 10.9; 9.6; 10.17-20.

Em Atos são mencionados 20 milagres (2.1-4; 3.1-8; 5.1-11,16, 19; 6.8; 8.6-13; 9.3-8,13-18,32-35,36-41; 12.6-10; 13.8-12; 14.8-10; 16.16-18; 19.11, v. 2Co 12.12; At 20.9-12; 28.1-6,7-9).

 

Que são milagres? Será que podem acontecer hoje?

Esse tema está intimamente ligado com a doutrina da providência divina. DEUS controla continuamente todos os aspectos da criação, e o milagre, ele serve para despertar a admiração e o espanto das pessoas, pois nele DEUS dá testemunho de si mesmo.

 

a) OS MILAGRES MARCAM A NOVA ALIANÇA

Nicodemos reconheceu que DEUS estava com JESUS pelos milagres (Jo 3.2). JESUS mostrou sua glória aos discípulos pelo milagre da água transformada em vinho (Jo 2.11). JESUS foi aprovado por DEUS por meio de milagres (At 2.22).

 

Na igreja primitiva aconteceram muitos milagres (At 2.43; 4.30; 8.6-8; 9.42; 1 Co 12.10, 28; Gl 3.5).

Isso tudo mostra que a ocorrência de milagres é uma característica da Igreja do Novo Testamento e pode servir como sinal da ação do ESPÍRITO SANTO que começou no Pentecoste e pode perdurar ao longo da história da igreja.

 

b) OS PROPÓSITOS DOS MILAGRES

*** Um dos propósitos dos milagres é certamente autenticar a mensagem do evangelho (Jo 3.2; Hb 2.4) no início da igreja e podemos esperar que continuem acontecendo em nossos dias.

*** Um segundo propósito dos milagres é dar testemunho da vinda do Reino de DEUS (Mt 4.23; 9.35; 10.7-8; 12.28; Lc 4.18; 9.1-2; At 8.6-7, 13).

***Um terceiro propósito dos milagres é ajudar os necessitados (Mt 14.14; 20.30, 34; Lc 7.13). Os milagres mostram a compaixão de CRISTO pelos necessitados.

***Um quarto propósito dos milagres é remover obstáculos para as pessoas (Mt 8.15; Fp 2.25-30). Os dons miraculosos devem edificar as pessoas (1 Co 12.7; 14.4, 12, 26).

Os milagres certamente devem nos levar a dar glória a DEUS (Mt 9.8; Jo 9.3).

 

c) ESTAVAM OS MILAGRES RESTRITOS AOS APÓSTOLOS?

Certamente que uma admirável concentração de milagres caracterizava os apóstolos como representantes especiais de CRISTO (At 5.12-16; 19.11-12). Mas os milagres não se limitavam a eles (Gl 3.5), ainda que alguns defendam que os milagres cessaram com os apóstolos (2 Co 12.12).

 

É importante considerar que os milagres no contexto do Novo Testamento, não foram realizados apenas pelos apóstolos (Mc 16.17-18; At 6.8; 8.6-7; 1 Co 12.10, 28; Gl 3.5). A glória de DEUS e o poder do ESPÍRITO SANTO são para todos os crentes que podem também ser cheios do ESPÍRITO SANTO (2 Co 3.1-4.18; Ef 5.18).

 

d) DEVEM OS CRISTÃOS BUSCAR MILAGRES HOJE?

Não podemos negar que existem falsos milagres, como aconteceram nos tempos do Antigo Testamento, nos tempos do Novo Testamento e acontecem também hoje. Mas isso não invalida em nada a realidades dos milagres.

 

É errado buscar milagres para ter fama (At 8.21-22), para se divertir (Lc 23.8), ou para fazer críticas (Mt 14.1-4). Mas se o propósito for autenticar a mensagem do evangelho, testemunhar do Reino de DEUS, ajudar os necessitados, libertar as pessoas para servirem a DEUS, e dar glória a DEUS, certamente que é correto pedir que DEUS faça milagres hoje (At 4.29-30).

 

e) OS MILAGRES E OS DONS

Fica claro que os milagres no Novo Testamento são operados pelo ESPÍRITO SANTO no crente e hoje temos mais variedades de milagres do que no Antigo Testamento, pois sob o ponto de vista pentecostal podemos adotar todos os dons do ESPÍRITO SANTO como milagres, senão vejamos:

 

Palavra de Sabedoria - Capacitação do ESPÍRITO SANTO para ver o futuro.

Palavra de Conhecimento - Capacitação do ESPÍRITO SANTO para saber o que ocorre em outra parte sem estar lá.

Discernimento de espíritos - Capacitação do ESPÍRITO SANTO para ver no reino espiritual.

Fé - Capacitação do ESPÍRITO SANTO para tornar possível o impossível (exemplo: ressuscitar mortos)

Maravilhas - Capacitação do ESPÍRITO SANTO para mudar a natureza das coisas (Aqui inclusas todas as interferências de DEUS no curso natural das coisas).

Curas - Capacitação do ESPÍRITO SANTO para curar doenças.

Profecia - Capacitação do ESPÍRITO SANTO para trazer mensagens de edificação, consolação e exortação, vindas de DEUS.

Línguas - Capacitação do ESPÍRITO SANTO para se falar em diversas linguagens sem se ter aprendido nenhuma delas naturalmente (inclusas aqui linguagens celestiais e terrenas).

Interpretação de Línguas - Capacitação do ESPÍRITO SANTO para se interpretar diversas linguagens sem se ter aprendido nenhuma delas naturalmente (inclusas aqui linguagens celestiais e terrenas).

 

CONCLUSÃO:

Na bíblia podemos encontrar os milagres com diversos nomes como “maravilhas”, “sinais”, “prodígios” e “obras”.

Milagre é ver tornar-se possível o impossível. Milagre é para hoje, é para mim, é para meus filhos, é para meus pais, é para os crentes, é para os descrentes, é para que DEUS seja glorificado em todas as nações, povos, línguas, tribos e nações.

O maior milagre de todos ainda é a salvação através da pregação do evangelho. A conversão é um milagre realizado por DEUS nos corações arrependidos. Só DEUS pode transformar um bêbado em um pregador, uma prostituta em uma presidente de círculo de oração, um assassino em um pastor, etc...

O milagre é o canal de comunicação entre DEUS e o pecador e também entre DEUS e seus filhos, mas o fim é sempre a salvação, o maior milagre de todos.

DEIXE DEUS USAR VOCÊ TAMBÉM.

 

AUXÍLIO BIBLIOGRÁFICO LIÇÃO 10 - 1º Trimestre de 2008

Subsídio Teológico

"A Natureza do Miraculoso

Visto que o termo milagre é popularmente aplicado a ocasiões incomuns, até mesmo por aqueles que professam não acreditar no sobrenatural, nem sempre é fácil atribuir o verdadeiro significado bíblico à palavra. É provável que a definição mais simples seja a de C.S.Lewis: 'Milagre é uma interferência na natureza por um poder sobrenatural'. Por outro lado, Machen define o milagre como 'um evento no mundo exterior, que é trabalhado pelo poder imediato de DEUS'. Com isso ele quer dizer que uma obra divina é milagrosa quando DEUS 'não usa meios, mas utiliza o seu poder criativo, como o utilizou quando fez todas as coisas a partir de sua Palavra'. Em outras palavras, um milagre acontece quando DEUS dá um passo para fazer algo além do que poderia ser realizado de acordo com as leis da natureza, do modo como entendemos, e que na verdade pode estar em desacordo com elas e ser até uma violação delas. Além disso, um milagre está além da capacidade intelectual ou científica do homem [...]

Durante o ministério terreno de JESUS , por exemplo, Ele usou os milagres para demonstrar a sua divindade, para provar que era o Enviado de DEUS, para sustentar o seu messianato, para ministrar com compaixão às multidões necessitadas [...]"(PFEIFFER, C. F. (et al.) Dicionário bíblico Wycliffe. Rio de Janeiro: CPAD, 2006, p. 1267.)

 

APLICAÇÃO PESSOAL - LIÇÃO 10 - 1º Trimestre de 2008

"Medo e Fé

Grandes atos de fé raramente nascem de um cálculo sereno (At 16.25). Não foi a lógica que levou Moisés a erguer seu cajado à beira do mar Vermelho. Não foi uma pesquisa médica que convenceu Naamã a mergulhar sete vezes no rio. Não foi o senso comum que fez Paulo abandonar a Lei e abraçar a graça. E não foi um comitê confiante que orou numa pequena sala, em Jerusalém, para que Pedro fosse liberto da prisão. Foi um grupo de crentes assustados, desesperados, encolhidos num canto. Foi uma igreja que não tinha opções. Uma congregação que não tinha a quem apelar. E nunca eles foram mais fortes. No começo de cada ato de fé, geralmente, há uma semente de medo."

(LUCADO, M. Graça para o momento. RJ: CPAD, 2004.)

 

MILAGRES DE DEUS ATRAVÉS DOS APÓSTOLOS

Em Atos são mencionados 20 milagres (2.1-4; 3.1-8; 5.1-11,16, 19; 6.8; 8.6-13; 9.3-8,13-18,32-35,36-41; 12.6-10; 13.8-12; 14.8-10; 16.16-18; 19.11, v. 2Co 12.12; At 20.9-12; 28.1-6,7-9).

 

OBJETIVOS DA LIÇÃO

Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:

Compreender porque os milagres e maravilhas eram sinais tão comuns à Igreja Primitiva.

Explicar quais os objetivos de DEUS ao realizar milagres e maravilhas.

Conscientizar-se de que a procla­mação da Palavra é mais importante que o milagre.

 

Professor, sugerimos que você reproduza em uma cartolina o quadro abaixo. Utilizando este recurso, explique aos alunos que no livro de Atos encontramos muitos milagres e maravilhas. Os milagres contribuíram para que muitos recebessem, de bom grado, a palavra pregada pelos apóstolos, entregando suas vidas a CRISTO. Os irmãos da Igreja Primitiva não usaram os milagres para ficarem famosos ou ricos. A glória e a honra eram dadas a JESUS. O nome do Mestre era glorificado e a cada dia mais e mais pessoas rendiam-se a JESUS CRISTO, experimentando o maior de todos os milagres, a salvação.

 

RESUMO DA LIÇÃO 5 - SINAIS E MARAVILHAS NA IGREJA

I- SINAIS E MARAVILHAS, A AÇÃO SOBRENATURAL DA IGREJA

1. Definição.

2. Objetivos do milagre.

II- O MILAGRE NA PORTA FORMOSA

1. Oração e milagre.

2. Quando nem ouro nem a prata fazem a diferença.

3. O milagre na Porta Formosa.

III- O MILAGRE ABRE A PORTA DA PALAVRA

A excelência estava em CRISTO e não em si, aproveitaram a ocasião a fim de proclamar o evangelho.

A proclamação da Palavra é mais importante que o milagre.

Portas a pregação da Palavra foram abertas através do milagre.

CONCLUSÃO

Os sinais seguem aos que creem. Vejamos, os milagres e prodígios como oportunidades para anunciarmos o Evangelho de CRISTO até aos confins da terra.

 

À semelhança de Pedro e João, declaremos com autoridade e ousadia: "Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho, isso te dou. Em nome deJesus CRISTO, o Nazare­no, levanta-te e anda" (At 3.6).

 

SINOPSE DO TÓPICO (1)

Os sinais e maravilhas são operações extraordinárias e sobre­naturais de DEUS com o propósito de glorificar o nome do Senhor e expandir-lhe o Reino.

 

SINOPSE DO TÓPICO (2)

Pedra e João oram em nome de JESUS e um milagre é realizado na porta do Templo chamada Formosa.

 

SINOPSE DO TÓPICO (3)

Os milagres realizados em nome de JESUS abriram as portas para que a Palavra de DEUS fosse proclamada.

 

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

PFEIFFER, C. F. (et al.) Dicionário bíblico Wycliffe. RJ: CPAD, 2006.

LUCADO, Max. Graça para o momento. RJ: CPAD, 2004.

SAIBA MAIS - Revista Ensinador Cristão, CPAD, no 33, p.41 e revista Ensinador Cristão - CPAD, n° 45, p.38.

 

AUXILlO BIBLIOGRÁFICO - Subsídio Teológico - "A natureza teológica de um milagre.

Cada uma destas três palavras que se referem a eventos sobrenaturais (sinal, maravilhas e poder) delineia um aspecto do milagre. Um milagre é um evento incomum (maravilha) que transmite e confirma uma mensagem incomum (sinal) por intermédio de uma habilidade incomum (poder). Do ponto de vista divino privilegiado, o milagre é um ato de DEUS (poder) que atrai a atenção do povo de DEUS (maravilhas) para a Palavra de DEUS (por meio de um sinal). [...] Eles são normalmente utilizados como sinais para confirmar um sermão; como maravilhas para verificar as palavras de um profeta; como milagre para ajudar a estabelecer a sua mensagem (Jo 3.2; At 2.22). Um milagre, portanto, é uma intervenção divina, ou uma interrupção, no curso regular do mundo que produz um evento com um objetivo definido, o qual, apesar de incomum, não ocorreria (ou não poderia ocorrer) de outra forma. Nessa definição, as leis naturais são compreendidas como sendo a forma normal regular e geral pela qual o mundo funciona. Entretanto, o milagre ocorre como um ato incomum, não-padronizado e específico de um DEUS que transcende o universo. Isto não significa que os milagres são contrários às leis naturais; significa simplesmente que eles são originados em uma fonte que está além da natureza" (GEISLER, Normam. Teologia Siste­mática. Vo1.1. 1.ed. RJ: CPAD, 2010, pp.43-44).

 

QUESTIONÁRIO DA LIÇÃO 5 - SINAIS E MARAVILHAS NA IGREJA

RESPONDA CONFORME A REVISTA DA CPAD DO 1º TRIMESTRE DE 2011

Complete os espaços vazios e marque com "V" as respostas corretas e com "F" as falsas.

 

TEXTO ÁUREO

1- Complete

Testificando também DEUS com eles, por _________________________, e _______________________, e várias __________________________, e dons do ESPÍRITO SANTO [.u]" (Hb 2.4).

 

VERDADE PRÁTICA

2- Complete

A igreja _________________________ e missionária jamais deixará de operar ___________________________ e __________________________, pois o DEUS do impossível tem um sério compromisso com os que proclamam as Boas Novas.

 

INTRODUÇÃO

3- Por que os sinais e maravilhas eram tão comuns à Igreja Primitiva? Qual o segredo daqueles cristãos?

( ) Porque os apóstolos nem precisavam ministrar sobre as pessoas e os sinais aconteciam sem nem mesmo pensarem nisso.

( ) Porque havia uma obediência amorosa e consciente à Grande Comissão que o Senhor JESUS confiou aos seus discípulos.

( ) Quanto mais evangelizavam e faziam missões, mais o CRISTO neles operava por intermédio do ESPÍRITO SANTO.

( ) Era cumprimento pleno desta promessa: "E estes sinais seguirão aos que crêem: em meu nome, expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e imporão as mãos sobre os enfermos e os curarão" (Mc 16.17,18).

 

I- SINAIS E MARAVILHAS, A AÇÃO SOBRENATURAL DA IGREJA

4- Como o milagre deve ser visto?

( ) Os sinais são comprovação da santidade dos que são usados nessas coisas especiais, só os ministros são usados nessas maravilhas.

( ) O milagre tem de ser visto não como algo que ficou nos tempos bíblicos, mas como um recurso que o ESPÍRITO SANTO nos coloca à disposição para que glorifiquemos a DEUS e disseminemos o evangelho de CRISTO.

( ) Os milagres eram para iniciação do evangelho e os crentes daqueles dias precisavam dos sinais por causa das perseguições que sofriam, hoje não são mais necessários.

 

5- Qual a definição dos sinais e maravilhas, operados pelo ESPÍRITO SANTO, na vida da Igreja?

( ) Os sinais e maravilhas descritos na Bíblia, principalmente em o Novo Testamento, são operações extraordinárias e sobrenaturais de DEUS no âmbito das coisas naturais.

( ) São manifestações sobrenaturais dos pregadores, em estado de êxtase.

( ) São uma suspensão das leis da natureza.

( ) Somente o que criou todas as coisas pode agir natural e sobrenaturalmente em todas as coisas, porque tudo lhe é possível (Mc 10.27).

 

6- Quais os objetivos do milagre (Mc 2.12; Lc 5.26;Jo 11.4)?

( ) Glorificar a DEUS.

( ) A exaltação do pregador.

( ) Expandir o Reino de DEUS .

( ) Em Atos, os prodígios operados pelos apóstolos abriram-Ihes as portas da Palavra, a fim de que anunciassem com poder e destemor o evangelho. (Porta Formosa - At 3.1-11 - Listra - At 1 14.8-18).

( ) A intervenção sobrenatural de DEUS visa também beneficiar o ser humano.

( ) Alguém que é curado do câncer, por exemplo, enaltece o nome do Senhor pelo favor imerecido.

 

7- Quem Transforma os sinais e maravilhas em um show?

( ) O milagre não tem por objetivo criar um espetáculo.

( ) Somente os que buscam a própria glória.

( ) Os que querem o engrandecimento de DEUS.

 

II- O MILAGRE NA PORTA FORMOSA

8- O que aconteceu quando Pedro e João dirigiam-se ao SANTO Templo a fim de orarem, como está registrado em Em Atos capítulo três?

( ) Encontraram um cego de nascença à porta Formosa do templo e o curaram.

( ) Se depararam com um coxo de nascença que, diariamente, era trazido ao lugar sagrado para esmolar (At 3.2).

( ) Observemos que os apóstolos subiam juntos à Casa de DEUS para buscar ao Senhor.

 

9- Sobre Oração e milagre, complete:

Sem oração não há _______________________. Moisés e JESUS, que operaram grandes e portentosos sinais, viviam em constante oração e _______________________ (Êx 24.12-18; Mt 4.2). Se nós obreiros desta geração quisermos também realizar milagres e maravilhas é mister que, juntos, à hora da oração, subamos ao templo. A mão do nosso DEUS não está encolhida para efetuar o ____________________________.

 

10- Ao ver os apóstolos, esperava o coxo receber deles alguma coisa, o que lhe declarou Pedro?

( ) "Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho, isso te dou. Em nome de JESUS CRISTO, o Nazareno, vê" (At 3.6).

( ) "Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho, isso te dou. Em nome de JESUS CRISTO, o Nazareno, levanta-te e anda" (At 3.6).

( ) "Lhe dou minha riqueza e também em nome de JESUS CRISTO, o Nazareno, levanta-te e anda" (At 3.6).

 

11- Como foi o milagre na Porta Formosa? Complete:

O mendigo achava­se justamente na Porta Formosa do SANTO _______________________ (At 3.2). Que contraste! Diante de toda aquela suntuosidade, um mendigo. A porta era formosa e rica, mas achava-se fechada para aquele homem enfeado pela doença e empobrecido por sua condição _______________________. Mas aquela porta também não prevaleceria contra a Igreja Primitiva que, sob a palavra de ________________________, foi usada por CRISTO para realizar aquele sinal que sacudiu toda Jerusalém. E o homem pôs­se a ___________________________ e a saltar de alegria, ressaltando assim a beleza daqueles frontões.

 

III- O MILAGRE ABRE A PORTA DA PALAVRA

12- Realizado o milagre, o que fizeram os apóstolos?

( ) Abriram uma nova igreja, pois agora teriam muitos seguidores, sem necessitarem da autorização dos apóstolos para abrirem igrejas.

( ) Certamente não trabalharam o seu marketing pessoal nem foram abrir uma igreja independente.

( ) Sabendo que a excelência estava em CRISTO e não em si, aproveitaram a ocasião a fim de proclamar o evangelho.

( ) Se regozijaram pela fama que adquiriram.

 

13- Complete:

A proclamação da Palavra é mais ________________________ que o milagre. Não resta dúvida de que um portento fora realizado. Era notório a todos (At 4.16). Era algo simplesmente inegável. Todavia, os apóstolos estavam prestes a mostrar que aquela ocasião era mais do que propícia à ______________________________ da Palavra de DEUS. Hoje, temos muitas terças, ou quartas, ou quintas-feiras de __________________________. Mas que todos os dias sejam dedicados à pregação do evangelho. O Senhor JESUS estará presente entre nós operando sinais e prodígios diariamente.

 

14- Sobre o dever da proclamação da Palavra ser feita a tempo e fora de tempo, o que recomenda Paulo a Timóteo? Complete segundo 2 Tm 4.1,2:

"Conjuro-te, pois diante de DEUS e do Senhor JESUS, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua _______________________ e no seu reino, que pregues a ___________________________, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e _________________________" .

 

15- Tem você aproveitado as oportunidades para anunciar a mensagem da cruz? Ou acha que o milagre não passa de um espetáculo? Complete:

Pedro e João aproveitaram a ____________________________ a fim de proclamar o Evangelho de CRISTO tanto para o povo quanto para os sacerdotes. Veja quantas portas a pregação da Palavra foram abertas através do _____________________ operado pelos apóstolos na Porta Formosa. É chegado o momento de se pregar a tempo e fora de tempo que CRISTO JESUS morreu e ____________________________ para salvar o pecador.

 

CONCLUSÃO

16- Os sinais seguem aos que crêem. Como devemos ver os milagres? Complete:

Vejamos, pois, os milagres e prodígios como ____________________________ para anunciarmos o Evangelho de CRISTO até aos confins da terra. Por acaso não agiam assim os ___________________________ de Nosso Senhor? Por que, então, agiríamos de outro modo? À semelhança de Pedro e João, declaremos com autoridade e ousadia: "Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho, isso te dou. Em nome de JESUS CRISTO, o ______________________, levanta-te e anda" (At 3.6).

 

RESPOSTAS DO QUESTIONÁRIO EM http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm

 

AJUDA

CPAD - http://www.cpad.com.br/ - Bíblias, CD'S, DVD'S, Livros e Revistas. BEP - BÍBLIA de Estudos Pentecostal.

VÍDEOS da EBD na TV, DE LIÇÃO INCLUSIVE - http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm

BÍBLIA ILUMINA EM CD - BÍBLIA de Estudo NVI EM CD - BÍBLIA Thompson EM CD.

Nosso novo endereço: http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/

Veja vídeos em http://ebdnatv.blogspot.com, http://www.ebdweb.com.br/ - Ou nos sites seguintes: 4Shared, BauCristao, Dadanet, Dailymotion, GodTube, Google, Magnify, MSN, Multiply, Netlog, Space, Videolog, Weshow, Yahoo, Youtube.

veja também -

http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/atos.htm

http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/licao11-espiritosanto-o...

http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/licao10-jc-osmilagresde...

Bíblia de Estudo NVI. (http://www.portaldabiblia.com/?do=mdj)

(http://matheusbreno.wordpress.com/2007/10/05/muitos-outros-milagres/)

(http://www.achologia.com/2007/12/milagres.html)

Fotos dos Filmes: JESUS, O Filme - JESUS segundo Evangelho de João - Paixão de CRISTO - CD Bíblia Ilúmina e JESUS segundo Evangelho de Mateus.

Exibições: 20

Tags: -, 5, E, IGREJA, LIÇÃO, MARAVILHAS, NA, SINAIS

Comentar

Você precisa ser um membro de Uniao de Blogueiros Evangelicos para adicionar comentários!

Entrar em Uniao de Blogueiros Evangelicos

© 2014   Criado por UBE/Administrador.

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço